São Fidélis (Fiel) de Sigmaringa - 24/04
fiel a vontade de Deus

São Fidélis de Sigmaringa

São Fidélis nasceu em Sigmaringa (Alemanha) no ano de 1577.

Seu nome de batismo era Marcos Rei.

Era dotado de grande habilidade com os estudos.

Perdeu os pais cedo, mas seu tutor depois dos estudos preparatórios na sua cidade natal matriculou-o na Universidade de Friburgo, na atual Suíça.

Estudou Filosofia e Direito civil e canônico, vindo a formar-se em Direito em 1604.

Marcos era um cristão católico, tornando-se mais tarde um conhecido filósofo e advogado.

Porém, havia um chamado que o inquietava: a consagração total a Deus, a vida no ministério sacerdotal.

Aos 35 anos de idade, renunciando a tudo, entrou para a família franciscana, para os Capuchinhos.

Enquanto noviço, viveu um grande questionamento: se fora do convento ele não faria mais para Deus, do que dentro da vida religiosa.

Buscou então, seu mestre de noviciado que, no discernimento, percebeu que era uma tentação.

Passado isso, ele se empenhou na busca pela santidade.

Seu nome agora se tornou “Fidélis” ou “Fiel’.

E buscou ser fiel à vontade de Deus.

Estudou Teologia, foi ordenado e enviado à Suíça para uma missão especial com outros irmãos: propagar a Sã Doutrina Católica.

Nomeado superior do convento em Feldkirch, conseguiu a conversão de muitos calvinistas à Igreja Católica.

Quando no acampamento militar apareceu uma epidemia, São Fidélis tornou-se o anjo da caridade dos pobres doentes, que recebiam suas visitas diárias.

Como superior, usava de máximo rigor para si, lia muitas vezes a santa regra e pedia a Deus não permitisse que um dia fosse pedra de escândalo.

Com caridade e mansidão repreendia as faltas aos outros, sendo, porém inexorável quanto à disciplina monástica.

São Fidélis dedicou-se totalmente em iluminar as consciências e rechaçar as doutrinas que combatiam a Igreja de Cristo.

Depois de uma Santa Missa, com cerca de 45 anos, teve o discernimento de que estava próxima sua partida.

Fez uma oração de entrega a Deus e, logo em seguida, foi preso e levado por homens que queriam que ele renunciasse à fé.

Fidélis deixou claro que não o faria, e que não temia a morte.

Ajoelhou-se e rezou: “Meu Jesus, tende piedade de mim.

Santa Maria, Mãe de Deus, assisti-me”.

Recebeu várias punhaladas e morreu ali, derramando seu sangue pela Verdade, por amor a Cristo e Sua Igreja.

Foi beatificado pelo Papa Bento XII em 24 de abril de 1729 e teve seu nome inscrito no catálogo dos santos por Bento XIV em 29 de Junho de 1746.
São Fidélis, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova
http://santo.cancaonova.com/santo/sao-fidelis-fiel-de-sigmaringa-fiel-a-vontade-de-deus/

Clique aqui e veja a Oração à São Fidélis de Sigmaringa

Deixe uma resposta